Yoshito Ohno (Tokyogaqui, Sesc Avenida Paulista)
Yoshito Ohno (Tokyogaqui, Sesc Avenida Paulista)

©Bruna Callegari

press to zoom
Yoshito Ohno (Tokyogaqui, Sesc Avenida Paulista)
Yoshito Ohno (Tokyogaqui, Sesc Avenida Paulista)

©Bruna Callegari

press to zoom
Yoshito Ohno (Tokyogaqui, Sesc Avenida Paulista)
Yoshito Ohno (Tokyogaqui, Sesc Avenida Paulista)

©Bruna Callegari

press to zoom

Dança | TURNÊ | 2008

YOSHITO OHNO

Kuu

Kuu foi criado e apresentado por Yoshito Ohno, filho do homem que fez o butô se tornar um fenômeno internacional, Kazuo Ohno. Uma tocante e bela homenagem a seu pai, Kuu, que significa vazio, é, no para Yoshito, o corpo. A idéia de vazio ressoa com os temas explorados nas obras de Yoshito e seu pai - o de desapego e liberdade. Esta performance é um importante documento de dança de uma das mais importantes vozes do butô, e foio evento de abertura de Tokyogaqui, exposição multidisciplinar que comemorou os 101 anos de Kazuo Ohno no Sesc Avenida Paulista. Kuu foi apresentado pela primeira vez em Nova York, em 2007, na Japan Society (em conjunto com a Terceira Bienal Festival de Butô da CAVE).

YOSHITO OHNO

Nascido em Tóquio em 1938, Yoshito Ohno estreou no papel de garoto em Kinjiki (Cores Proibidas), dirigido por Tatsumi Hijikata em 1959. Ao longo dos anos 1960, atuou diversas performances de butô se aposentar em 1969. Seu retorno foi em 1985, quando apareceu ao lado de Kazuo Ohno em Dead Seas; depois disso, continuou a dirigir todas as apresentações de Kazuo Ohno. Figura icônica do butô, apresentou-se no mundo todo e ensinou butô no estúdio de seu pai em Yokohama até seus últimos dias. Faleceu em janeiro de 2020. 

KUU

Criação e performance: Yoshito Ohno

Apresentado como abertura do projeto Tokyogaqui

Produção no Brasil: prod.art.br | Direção de produção:  Ricardo Muniz Fernandes | Proodução executiva: Jussara Rahal, Ricardo Frayha 

 

Realização: Sesc São Paulo 

Sesc Avenida Paulista

São Paulo, SP, Brasil

15 e 16/03/2008

Screen Shot 2020-06-20 at 18.55.12.png