Ko Murobushi (Quicksilver)
Ko Murobushi (Quicksilver)

©Miro Ito

press to zoom
Ko Murobushi (Quicksilver)
Ko Murobushi (Quicksilver)

©Miro Ito

press to zoom

Dança | TURNÊ | 2008

KO MUROBUSHI

Quicksilver

Em Quicksilver, Ko Murobushi conduz seu corpo ao limite para penetrar num universo de dor e trevas. Seu corpo extraordinariamente musculoso, pintado inteiramente de prata, muda e se transforma, conjugando imagens de um homem que se move no extremo limite entre vida e morte. Quicksilver subtrai qualquer noção de movimento decorativo e mergulha, tanto o performer quanto o espectador, num atemporal mundo de catarse. Ko Murobushi apresentou 
Quicksilver pela primeira vez em novembro de 2005 como um trabalho em processo no Festival Kazuo Ohno no galpão da BankART NYK. A peça estreou no Die Pratze em Azabu, Tóquio, recebendo ótimas críticas pela sua apresentação de butô cheia de alma, como só poderia ser feito por Murobushi. Em junho de 2006, Murobushi foi convidado a apresentar Quicksilver na Festival de Dança da Bienal de Veneza, na Itália. Tida como a principal apresentação do festival naquele ano, a peça novamente recebeu ótimos elogios internacionalmente. 

KO MUROBUSHI

Na década de sessenta, Ko Murobushi estudou com Tatsumi Hijikata, o coreógrafo japonês fundador do Butô. Em 1974, fundou a revista Hageshii Kisetsu [temporada violenta], sobre Butô, e a companhia feminina de Butô Ariadone. Dois anos mais tarde fundou o grupo exclusivamente masculino, Sebi. Foi com a coprodução entre estes dois grupos, nomeada Le Dernier Eden – Porte de L’Au-de-La, estreada em 1978 em Paris, que Murobushi despertou o interesse dos europeus para o Butô. Desde então o seu trabalho prosseguiu aliando a vontade de aprofundar a ligação às raízes japonesas com a abertura para as influências de todo o mundo. Ko Murobushi tem participado em inúmeras coproduções internacionais, apresentando espetáculos e recebendo prêmios em todo o mundo. Em 2003 fundou a sua companhia Ko&Edge com três jovens bailarinos japoneses.

QUICKSILVER

Direção, Coreografia & Performance: Ko Murobushi | Músicas: Luigi Nono, Osamu Goto e as vozes de Tatsumi Hijikata e Antonin Artaud | Produção: Ko & Edge Co. | Estreia: Junho de 2006 / Azabu die pratze, Tóquio

Espetáculo apresentado dentro da programação do Tokyogaqui

Produção no Brasil: prod.art.br | Direção de produção: Ricardo Muniz Fernandes | 
Produção executiva: Jussara Rahal, Ricardo Frayha 

 

Realização: Sesc São Paulo 

Sesc Avenida Paulista

São Paulo, SP, Brasil

29 e 30/03/2008